Jardim de Infância | St. Peter’s International School

Procura um jardim de infância para o seu educando? No nosso colégio a criança terá um desenvolvimento físico, intelectual e social harmonioso. Saiba mais!

Este website utiliza cookies que têm funcionalidades que melhoram a sua navegação. Ao continuar a navegar, está a concordar com a sua utilização.  
 
 
Jardim de Infância
 
 
IDIOMAS
 
 
 
 
Chat
 
Visita Virtual
 
Pré-Inscrição
SPO
A entrada no 1.º ano de escolaridade é plena de ansiedade e expectativas, verificando-se, muitas vezes, o medo de falhar por parte da criança e seus pais. Os recém-chegados alegram-se com as novidades, desorientam-se com as mudanças e têm de aprender a lidar com rotinas diferentes.

Para que o percurso escolar se inicie com sucesso é necessário que a criança tenha desenvolvido certos pré-requisitos cognitivos, psicomotores e uma sólida relação de afetividade com a escola e seus pares.

Da nossa parte, Serviço de Psicologia e Orientação (SPO), cabe-nos avaliar o ritmo e nível de maturação das competências desenvolvidas pelas nossas crianças.

Para tal, realizamos uma avaliação aprofundada das competências das crianças das salas Pink do jardim de infância. Esta é realizada ao longo de todo o 3º período através de:
- Observação direta e interação com o aluno em sala de aula;
- Recolha de dados de anamnese, através do preenchimento de um questionário aplicado aos pais;
- Aplicação da Escala de Desenvolvimento Mental de Griffiths dos 2 aos 8 anos - Extensão Revista (Revisão de 2006), individualmente em sala apropriada, com ambiente tranquilo e positivo.

A Escala de Desenvolvimento Mental de Griffiths dos 2 aos 8 anos - Extensão Revista (Revisão de 2006) é uma escala reconhecida pela Comissão Científica Internacional, amplamente utilizada como instrumento de avaliação do desenvolvimento, por diferentes profissionais.



Avaliam o desenvolvimento mental das crianças nos primeiros anos de vida. O conceito de desenvolvimento mental refere-se aos processos e ritmo de crescimento e maturação das competências na criança.

A avaliação do desenvolvimento mental implica uma investigação aprofundada das competências da criança, incluindo as aptidões motoras, sociais e cognitivas, através da observação direta, dos testes e das descrições dos cuidadores.

A Escala de Griffiths é constituída por 6 subescalas:
Locomoção - avalia a motricidade global, incluindo o equilíbrio, a coordenação motora e o controlo de movimentos;
Pessoal-Social - avalia as competências ao nível da autonomia em atividades quotidianas, assim como o seu nível de independência e a capacidade de interagir com os pares;
Linguagem - avalia a linguagem recetiva e expressiva;
Coordenação Olho-Mão - avalia a motricidade fina, destreza manual e competências visuo-motoras;
Realização - avalia as competências visuo-espaciais, incluindo a rapidez de execução e a precisão;
Raciocínio Prático - avalia a capacidade em resolver problemas práticos, ordenar sequências, compreensão de conceitos matemáticos básicos e questões morais.

Os itens que compõem a Escala de Griffiths são diversificados e baseiam-se nas várias atividades espontâneas da criança, tais como falar e brincar. Abordam as diferentes etapas do desenvolvimento, sendo apresentados por grau de dificuldade crescente.


De salientar que, no final da avaliação, será dado a conhecer aos progenitores o Relatório Individual, no decurso da reunião de avaliação e balanço final do ano letivo.